Pelo menos cinco soldados mortos em ataques do Estado Islâmico com mísseis na Síria

O grupo ainda não reivindicou a autoria do ataque.

Pelo menos cinco soldados foram mortos no domingo e outros 20 ficaram feridos num ataque com mísseis pelo grupo terrorista Estado Islâmico a autocarro militar, numa das ações mais violentas nos últimos meses no leste da Síria.

"Por volta das 19h00 do dia 2 de janeiro, um autocarro de transporte militar foi alvo de um ataque terrorista com mísseis na área (...) por um grupo da organização terrorista Estado Islâmico", disse uma fonte militar à agência noticiosa oficial síria SANA.

A fonte explicou que "o ataque foi seguido por disparos de canhões de 23 milímetros, matando cinco soldados e ferindo outros 20".

Até agora, nenhum grupo reivindicou a responsabilidade pela ação.

O ataque foi levado a cabo no vasto deserto de Badia, onde os remanescentes do grupo Estado Islâmico se concentram quase três anos após a sua derrota territorial na Síria e onde as tropas de Damasco lançam frequentemente ofensivas contra estas células com o apoio aéreo da Rússia.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de