Pelo menos seis mortos e 15 feridos em bombardeamento em Kharkiv

O ataque foi feito com "armas de grande porte" e atingiu um posto de correios perto do qual habitantes locais recebiam ajuda humanitária.

Pelo menos seis civis morreram e 15 ficaram feridos esta quinta-feira num bombardeamento russo em Kharkiv, nordeste da Ucrânia, disse o governador regional no serviço de mensagens Telegram.

"Segundo dados preliminares, seis civis foram mortos e 15 feridos foram hospitalizados", escreveu Oleg Syniegoubov.

O bombardeamento, efetuado com "armas de grande porte", atingiu um posto de correios perto do qual habitantes locais recebiam ajuda humanitária, precisou, denunciando um novo "crime dos ocupantes russos".

Segunda cidade do país com cerca de 1,5 milhões de habitantes antes da guerra, Kharkiv situa-se a 40 quilómetros da fronteira russa.

Desde o início da invasão, há um mês, a cidade tem sido alvo de bombardeamentos russos que destruíram quase mil edifícios, a maioria prédios residenciais, indicou na segunda-feira o autarca Igor Terekhov citado pelos media.

A Rússia lançou em 24 de fevereiro uma ofensiva militar na Ucrânia que causou pelo menos 977 mortos, dos quais 81 crianças e 1594 feridos entre a população civil, incluindo 108 menores, e provocou a fuga de mais 10 milhões de pessoas, entre as quais 3,6 milhões para os países vizinhos, indicam os mais recentes dados da ONU.

Segundo as Nações Unidas, cerca de 13 milhões de pessoas necessitam de assistência humanitária na Ucrânia.

ACOMPANHE AQUI TUDO SOBRE O CONFLITO ENTRE A RÚSSIA E A UCRÂNIA

​​​​TODAS AS REPORTAGENS TSF NA UCRÂNIA​​​

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de