Pentágono desmente que taliban controlem aeroporto de Cabul

O porta-voz do Pentágono assegura que os taliban "não controlam qualquer porta de embarque nem qualquer operação no aeroporto", pelo que o controlo ainda pertence ao exército norte-americano.

O controlo efetivo do aeroporto de Cabul, no Afeganistão, foi reivindicado esta sexta-feira pelos taliban e desmentido de imediato pelos EUA.

"Hoje, três locais importantes da parte militar do aeroporto de Cabul foram evacuados pelos norte-americanos e estão sob controlo do Emirado Islâmico" (como os talibãs designam o Afeganistão), escreveu na rede social Twiter, o seu porta-voz, Bilal Karimi.

"Agora, só uma pequena parte permanece nas mãos dos norte-americanos", acrescentou o responsável dos taliban.

Pouco tempo depois, o porta-voz do Pentágono, John Kirby, desmentiu a reivindicação: "Eles (taliban) não controlam qualquer porta de embarque nem qualquer operação no aeroporto. Continua sob controlo do exército norte-americano".

Pelo menos 170 pessoas morreram e 150 ficaram feridas no atentado suicida perpetrado na quinta-feira pelo grupo 'jihadista' Estado Islâmico (EI) no aeroporto de Cabul, indicaram esta sexta-feira fontes sanitárias e próximas dos talibãs.

Até agora, o número total ascende a 170 mortos, entre os quais soldados norte-americanos, e há pelo menos 150 feridos, disse uma fonte próxima dos líderes taliban, citada pela agência Efe a coberto do anonimato.

Os Estados Unidos já tinham indicado que no atentado morreram 13 militares norte-americanos e outros 18 ficaram feridos e o Governo britânico também comunicou a morte de três cidadãos britânicos, dois adultos e uma criança.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de