Polícia de Hong Kong alega conspiração com forças estrangeiras para deter cinco jornalistas

A polícia de Hong Kong fez também buscas no jornal Apple Daily, e apreendeu bens no valor de dois milhões de euros.

A polícia de Hong Kong deteve esta manhã cinco jornalistas do jornal Apple Daily. O chefe de redação e mais quatro diretores foram detidos ao abrigo da polémica lei de segurança nacional.

Os cinco foram detidos em casa nas primeiras horas do dia, e são suspeitos de conspiração com forças estrangeiras.

A polícia de Hong Kong fez também buscas no jornal. Mais de 200 agentes entraram na redação e apreenderam bens no valor de dois milhões de euros.

Trata-se da primeira apreensão de bens em Hong Kong contra uma empresa de comunicação social.

O jornal Apple Daily tem-se destacado na defesa da democracia. O dono do jornal, Jimmy Lai, está preso há vários meses, acusado de conluio e envolvimento nos protestos contra a lei de segurança nacional.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de