Polícia de Madrid deteve cinco pessoas e multou centenas por violarem restrições

O estado de emergência foi decretado no sábado pelo Governo espanhol.

A Polícia Municipal de Madrid deteve cinco pessoas e registou 451 denúncias desde domingo, quando começaram as restrições de mobilidade no âmbito do estado de emergência decretado para travar o novo coronavírus.

Em igual período, também em Barcelona os Mossos d'Esquadra (polícia da Catalunha) identificaram 532 pessoas por não terem cumprido algumas das medidas do estado de emergência, enquanto 619 lojas foram encerradas por violarem a proibição de funcionamento.

Desde o final da tarde de domingo, segundo fontes municipais, a Polícia Municipal de Madrid emitiu 252 multas por não terem sido cumpridas as restrições de trânsito.

O ministro do Interior, Miquel Buch, disse que estes casos abrangem pessoas que não cumpriram algumas das diretivas do decreto que regula o estado de emergência, por exemplo ao circularem de bicicleta ou por terem ido à praia, sem uma justificação.

Espanha registou até hoje quase nove mil casos de infeção e mais de 300 mortes, desde o início da epidemia, tornando-se o segundo país europeu mais afetado pelo surto, depois da Itália.

O coronavírus responsável pela pandemia da Covid-19 infetou já cerca de 170 mil pessoas, das quais 6.850 morreram.

Ainda assim, das pessoas infetadas em todo o mundo, mais de 75 mil recuperaram da doença.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de