Polícia sérvia encontra 120 migrantes em rede de tráfico de pessoas

Entre os migrantes que estavam a ser traficados encontravam-se várias mulheres e crianças.

A polícia sérvia descobriu esta terça-feira 120 pessoas que tentavam chegar à Europa ocidental, durante uma operação que desmantelou uma rede de traficantes de migrantes perto da fronteira com a Hungria, anunciaram as autoridades locais.

Entre os migrantes que estavam a ser traficados encontravam-se várias mulheres e crianças, adiantou a polícia. A operação, realizada na zona de Mali Horgos, também permitiu apreender várias armas e centenas de passaportes e outros documentos retirados aos migrantes, na segunda intervenção deste mês contra traficantes de pessoas ao longo da fronteira com a Hungria, país da União Europeia que é vizinho da Sérvia.

A intensificação da atividade policial para detetar redes de tráfico de migrantes foi determinada na sequência de um confronto na mesma região, no início de julho, que provocou um morto.

"Qualquer ser humano no nosso território tem o direito a ser respeitado e a ter dignidade", disse o ministro do Interior da Sérvia, Aleksandar Vulin.

A entrada na União Europeia pela Hungria tem sido usada por muitas pessoas que fogem da violência ou da pobreza do Médio Oriente, de África ou da Ásia, mas ficam retidas na fronteira.

Passar esta fronteira leva, geralmente, vários meses, já que a Hungria colocou duas filas de cerca de arame farpado e segurança pesada para evitar a passagem.

Por isso, os migrantes recorrem muitas vezes a traficantes de pessoas para continuar a sua jornada em direção aos países mais prósperos da União Europeia.

Muitos dos migrantes também tentam passar da Sérvia para a Croácia, a Bósnia ou a Roménia.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de