Polícia suspeita que cinco homicídios na Califórnia possam ser obra de serial killer

As autoridades policiais anunciaram uma recompensa de 95 mil dólares por informações sobre o suspeito. O homicida apareceu em vídeos de várias cenas de crime

A polícia norte-americana adiantou esta terça-feira que um serial killer pode ter atacado de surpresa cinco homens em Stockton, no centro da Califórnia, de forma separada, nos últimos meses, matando-os a tiro isoladamente durante a noite.

Nenhuma das vítimas foi roubada ou espancada antes dos assassínios - que ocorreram num raio de alguns quilómetros quadrados - e nenhum deles parece se conhecer, disse o polícia de Stockton Joseph Silva.

Os tiroteios também não parecem ter relação com gangues ou tráfico de droga.

Na sexta-feira, as autoridades policiais anunciaram uma recompensa de 85 mil dólares (cerca de 86,4 mil euros) por informações sobre o suspeito dos homicídios, que datam de 08 de julho. O homicida apareceu em vídeos de várias cenas de crime, segundo a polícia.

O último crime aconteceu pouco antes das 02:00 (09:00, em Lisboa) da última terça-feira, quando um homem de 54 anos foi baleado numa área residencial no norte do centro da cidade.

Nenhum dos tiroteios foi capturado pelas câmaras de vigilância e nenhuma arma de fogo foi recuperada.

"Não temos nenhum vídeo de ninguém a segurar uma arma ou a cometer realmente um crime", disse Silva, de acordo com a agência de notícias Associated Press (AP).

Ainda assim, as imagens disponíveis, bem como as evidências balísticas, ligam os cinco assassínios, disse.

Todos os cinco homens foram baleados por um revólver, embora ainda não seja claro se foi usada a mesma arma em todos os crimes.

"Definitivamente, atende à definição de um "serial killer". O que torna isto diferente é que o atirador procura apenas oportunidade e, infelizmente, as nossas vítimas estavam sozinhas numa zona escura", observou Silva.

Segundo a polícia, pode haver também várias pessoas envolvidas nas ações criminosas.

"Para ser honesto, simplesmente não sabemos. Esta pessoa ou pessoas que estão a fazer isto são definitivamente muito ousadas e descaradas", referiu.

A polícia disse que as vítimas estariam a caminhar sozinhas ou dentro de carros estacionados quando foram mortas à noite ou na madrugada em Stockton - cidade com 320 mil habitantes a cerca de 80 quilómetros da capital do estado da Califórnia, Sacramento.

As idades das vítimas variam de 21 a 54 anos. Quatro dos homens eram hispânicos e um era branco.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de