Primeira-ministra da Finlândia deixa Conselho Europeu após deputado testar positivo

Sanna Marin vai regressar ao país de origem como medida de prevenção.

A primeira-ministra da Finlândia, Sanna Marin, abandonou esta sexta-feira o Conselho Europeu depois de ter estado próxima de um deputado finlandês que testou positivo para o novo coronavírus.

"Deixei o Conselho Europeu por precaução e pedi ao primeiro-ministro sueco Stefan Löfven para representar a Finlândia durante a reunião", escreveu Sanna Marin no Facebook.

A governante esteve com Tom Packalen, o membro do parlamento infetado com Covid-19, numa audiência conjunta para a Comissão de Relações Exteriores, Saúde Pública e Política do Consumidor. Sanna Marin vai regressar de imediato à Finlândia, onde fará o teste e ficará em quarentena.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de