Projeções dão vitória a oposição de esquerda nas legislativas na Noruega

Cinco partidos da oposição devem ganhar 104 dos 169 assentos no Storting, o parlamento unicameral da Noruega, o suficiente para derrubar a coligação da direita conservadora liderada por Erna Solberg.

A oposição de esquerda, liderada pelo trabalhista Jonas Gahr Store, ganhou esta segunda-feira as eleições legislativas dominadas pelo destino das atividades petrolíferas do país, segundo as projeções publicadas no momento do encerramento das urnas.

Os cinco partidos da oposição devem ganhar 104 dos 169 assentos no Storting, o parlamento unicameral da Noruega, o suficiente para derrubar a coligação da direita conservadora liderada por Erna Solberg, indicam as projeções feitas a partir dos votos antecipados.

As sondagens davam uma maioria aos partidos de esquerda na Noruega, o maior produtor de petróleo da Europa ocidental, que podem desalojar a coligação que há oito anos governo o país.

O líder trabalhista, Jonas Gahr Store, um milionário de 61 anos que fez uma campanha centrada nas desigualdades sociais está em boa posição para poder formar um Governo, cujos contornos só ficarão definidos depois de se saberem os resultados das restantes forças da esquerda norueguesa.

Líder do Partido de Centro, que defende principalmente os interesses do mundo rural, Jonas Gahr Store tem na Esquerda Socialista, na vanguarda das questões ambientais, um aliado que poderá permitir uma maioria parlamentar entre eles.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de