Quarentena combinada de setores pode ser a melhor estratégia para combater Covid-19

Este é o primeiro estudo que dá conta que, numa situação em que estas medidas são cumpridas, a taxa de infeção corresponde a 7,4% da população residente de uma comunidade.

Quarentena obrigatória para as pessoas infetadas e para as suas famílias, encerramento das escolas e distanciamento no local de trabalho com turnos quinzenais. Só estas estratégias combinadas resultam numa eficácia no combate à transmissão comunitária, revela um estudo da Universidade de Singapura.

Os resultados da investigação foram publicados na revista médica The Lancet esta quarta-feira e plasmam que a quarentena de todos os setores é a melhor estratégia para travar o contágio na comunidade.

O modelo matemático apresentado utiliza os dados fornecidos pelos chineses em relação a Wuhan e compara com a situação em Singapura, onde as escolas não fecharam, apesar de os doentes e suspeitos serem mantidos com uma elevada vigilância e isolados. A cidade-Estado insular continua a verificar uma subida no número de casos.

Este é o primeiro estudo que dá conta que, numa situação em que estas medidas são cumpridas, a taxa de infeção corresponde a 7,4% da população residente de uma comunidade. Esta estimativa corresponde a um cenário significativamente mais positivo do que nas zonas em que é adotada apenas uma forma de afastamento social.

Outras Notícias

Patrocinado

Apoio de

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de