Quim Torra inabilitado, Catalunha vai a votos

O presidente da Generalitat é o protagonista das capas dos jornais espanhóis esta manhã. A revista de imprensa internacional na TSF.

Está na capa do El País... cabisbaixo, as notícias não lhe são agradáveis. O título: Torra, inabilitado por desobediência. O supremo confirma a condenação por não cumprir as ordens da junta eleitoral. PSOE e PP apostam por eleições catalãs antecipadas o mais breve possível.

O ABC escreve "inabilitado e amortizado"... e diz que Espanha e a Catalunha estão perante o fim da burla.

O La Razón já fala em era post-Torra: diálogo com Sánchez e urnas em 2021. Datas 31 de janeiro ou 7 de fevereiro.

O Vanguardia, jornal catalão, diz que o supremo tribunal obriga o presidente da Generalitat a abandonar o cargo, abrindo quatro meses de gestão interina, que vão culminar em eleições possivelmente a 7 de fevereiro.

No El Periódico, Toca eleições, isto é, toca a ir a votos. O Supremo inabilita Quim Torra ao desempenho de qualquer cargo público durante 18 meses por desobediência obstinada. Aragonés, presidente substituto com poderes limitados.

O jornal nacionalista catalão El Punt Avui, O Ponto Hoje, tem um título comentário à decisão do supremo: "Eles voltam-no a fazer". Diz que a imprensa internacional vaticina uma nova escalada de tensão. Palavras de Quim Torra: "a vingança não tem limites", "a única maneira de avançar é a rutura democrática".

A propósito da abertura do concurso público para as redes 5G, que o Le Monde na primeira página, explica que se tratam de lotes avaliados em 1,2 mil milhões de euros... um concurso apetecível... a propósito disso, o Liberation faz uma capa manchada de vermelho com a pergunta: será o progresso sempre de esquerda?

No Fígaro, Donald Trump sob pressão antes de defrontar Joe Biden. Em editorial, "os golpes para nada" e um eleitorado fossilizado entre pró ou contra Trump".

No USA Today: como o tribunal, o supremo, pode mudar com Amy Coney Barrett. Na foto, a juíza nomeada caminha ao lado do nomeador, o presidente Trump.

Manchete do Jornal de Angola: professores do ensino geral testados ao coronavírus a partir de amanhã.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de