Quinze militares feridos após ataque a base da ONU no Mali

Não há registo de portugueses entre os feridos, apesar de existirem 65 militares do exército português em missão no Mali.

Um ataque à bomba no Mali fez, esta sexta-feira, 15 feridos entre os militares das Nações Unidas em missão no país. Não haverá vítimas entre os soldados portugueses que participam na missão de paz no território.

O ataque, com recurso a um carro armadilhado, atingiu uma base operacional temporária da missão integrada da Organização das Nações Unidas (ONU) no Mali.

Não se sabe ainda qual a nacionalidade dos militares que ficaram feridos, mas, de acordo com a Missão Multidimensional Integrada das Nações Unidas para a Estabilização do Mali (MINUSMA), estão a ser retirados do local.

Um contingente de 65 militares portugueses está a apoiar a missão das Nações Unidas, mas todos se encontram estacionados no aeroporto da capital do país.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de