Reino Unido junta nova variante do coronavírus à lista de alerta

Os especialistas detetaram 16 casos de uma nova variante em território britânico. O Reino Unido tem já oito variantes na lista de vigilância.

A comunidade científica acaba de identificar 16 casos de uma nova variante do coronavírus (B.1.1.318) no Reino Unido. O serviço de saúde britânico nomeou-a "variante em investigação" (VUI, em inglês), o que significa que foi adicionada à lista de vigilância, mas ainda não é uma das estirpes que inspira preocupação imediata, aclara esta sexta-feira a BBC.

A variante encontrada é detentora de uma mutação - E484K - comum às estirpes detetadas na África do Sul e no Brasil. A mudança pode ser ajudar o vírus a escapar à imunidade fornecida pela vacinação ou consequência de uma infeção anterior, referem os especialistas.

Os casos foram identificados a 15 de fevereiro pelo sistema britânico de vigilância que monitoriza o aparecimento de variantes, e os cientistas acreditam que a estirpe poderá ter tido origem no Reino Unido. As 16 pessoas infetadas e os respetivos contactos foram identificados e aconselhados a ficarem isolados. As infeções estão espalhadas por várias partes do território britânico, mas os especialistas não consideraram necessário realizar testes de despistagem massiva, como foram efetuados para detetar a variante inicialmente encontrada no Brasil. O Reino Unido tem já oito variantes na lista de alerta.

LEIA AQUI TUDO SOBRE A COVID-19

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de