Renault vai despedir cerca de 15 mil trabalhadores em todo o mundo

Em Portugal, a fabricante de automóveis não confirma o número.

A fabricante de automóveis francesa Renault vai despedir cerca de 15 mil trabalhadores em todo o mundo, entre os quais 4600 serão em França. O projeto de reestruturação, que será anunciado publicamente na sexta-feira, foi comunicado aos sindicatos com representação na empresa esta quinta-feira.

À partida, este plano de reestruturação prevê reformas antecipadas e medidas de mobilidade interna, revelaram fontes da empresa à AFP. A Renault reduzirá a sua capacidade de produção global de quatro milhões de veículos para cerca de 3,3 milhões.

Segundo as fontes consultadas, o plano económico será dividido em "um terço para a produção, um terço para a engenharia e um terço nas despesas estruturais, de marketing e distribuição".

Contactada pela TSF, a fabricante de automóveis em Portugal não confirma o número e diz que o plano de reestruturação vai ser anunciado na sexta-feira de manhã.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de