Resgatado com vida mais um dos desaparecidos após incêndio em ferry na Grécia

O incêndio a bordo deflagrou no navio Euroferry Olympia, de bandeira italiana, na quinta-feira, com cerca de 300 pessoas a bordo. Há ainda 11 desaparecidos.

Foi encontrado vivo, este domingo, mais um dos desaparecidos após o incêndio num navio, ao largo da Grécia. O homem, de 21 anos, foi avistado na popa do ferry e conseguiu estabelecer contacto com as equipas de socorro. Há ainda 11 desaparecidos.

A notícia da sobrevivência do homem suscitou esperanças de que mais vidas pudessem ser salvas.

"Há otimismo, dado o facto de este homem ter conseguido chegar ao convés superior nestas condições", disse Nikos Alexiou, porta-voz da guarda costeira, à Ert television, em declarações citadas pela AFP.

Mais de 280 pessoas foram retiradas do barco em chamas e levadas para a ilha grega de Corfu.

O incêndio a bordo deflagrou no Euroferry Olympia, de bandeira italiana, na quinta-feira, ao navegar de Igoumenitsa, na Grécia, para Brindisi, em Itália, com cerca de 300 pessoas a bordo, isto é, 240 passageiros e mais de 50 elementos de tripulação, bem como mais de 150 camiões e reboques e 32 veículos de passageiros.

Acredita-se que os 11 desaparecidos são camionistas que estavam a dormir dentro dos camiões, em vez de ficarem nas cabines superlotadas do barco. A maioria será natural da Bulgária, Grécia, Turquia e Lituânia.

O Olympia tem 27 anos e, de acordo com o Ministério do Ambiente italiano, transportava cerca de 800 metros cúbicos de combustível e 23 toneladas de "mercadorias perigosas corrosivas". As autoridades dizem que passou numa inspeção na quarta-feira, um dia antes do desastre.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de