Reuniões de primavera do FMI e do Banco Mundial arrancam esta segunda-feira

Estas reuniões têm como objetivo debater questões globais, como o desenvolvimento económico e a erradicação da pobreza.

As reuniões anuais de primavera do FMI e dos conselhos de governadores do grupo do Banco Mundial para debater questões globais, como o desenvolvimento económico e a erradicação da pobreza, arrancam esta segunda-feira e prolongam-se até 24 de abril.

As reuniões de primavera do Fundo Monetário Internacional (FMI) e dos conselhos de governadores do Grupo Banco Mundial reúnem banqueiros centrais, ministros de finanças e desenvolvimento, executivos do setor privado, representantes de organizações da sociedade civil e académicos "para discutir questões de preocupação global, incluindo as perspetivas económicas mundiais, erradicação da pobreza, desenvolvimento económico e eficácia da ajuda", segundo a página do encontro.

De acordo com a agenda, as reuniões anuais incluem seminários, 'briefings' regionais, conferências de imprensa e outros eventos focados na economia global, desenvolvimento internacional e sistema financeiro mundial.

No âmbito das reuniões de primavera, o FMI irá divulgar a atualização das projeções económicas globais, nas quais irá cortar a previsão divulgada para este ano e para 2023, anunciou a diretora-geral da instituição, Kristalina Georgieva.

"Para a maioria dos países, o crescimento ainda permanecerá em território positivo", afirmou a diretora-geral da instituição, na sexta-feira, acrescentando que o impacto da guerra irá contribuir para revisão em baixa para 143 economias este ano, representando 86% do PIB mundial.

Em janeiro, o FMI cortou a previsão de crescimento da economia mundial para este ano em 0,5 pontos percentuais (p.p.) para 4,4%.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de