Risco de contágio na União Europeia sobe para "elevado". Bruxelas lança task force

A União Europeia elevou risco de moderado para elevado, mas o espaço Schengen vai continuar aberto.

A Comissão Europeia anunciou esta segunda-feira o lançamento de uma "equipa de resposta" ao novo coronavírus, no mesmo dia em que o Centro Europeu de Prevenção e Controlo de Doenças (ECDC) subiu o risco de infeção na UE para elevado.

O anúncio foi feito numa conferência de imprensa no Centro de Coordenação de Resposta de Emergência da UE, em Bruxelas, pela presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, e cinco comissários europeus, que integram a 'task force' formada pelo executivo comunitário para dar resposta ao surto de Covid-19, designadamente os comissários da Gestão de Crises, Janez Lenarcic, da Saúde, Stella Kyriakides, dos Assuntos Internos, Ylva Johansson, dos Transportes, Adina Valean, e da Economia, Paolo Gentiloni.

Depois de Ursula von der Leyen ter anunciado que o nível de risco subiu "de moderado para elevado para as pessoas na UE" - "por outras palavras, o vírus continua a propagar-se", acrescentou -, a comissária europeia da saúde precisou que, no momento em que decorre a conferência de imprensa, "o ECDC está a publicar a atualização da sua avaliação de risco rápida, na qual aumenta o risco de infeção na UE de 'baixo a moderado' para 'moderado a elevado'".

"Os diferentes Estados-membros enfrentam diferentes desafios relativamente ao surto de Covid-19. A Itália está a enfrentar uma situação que não é a mesma de outros Estados-membros. No entanto, esta é, para todos, uma situação em constante desenvolvimento, que muda rapidamente, e precisamos de estar todos prontos para novos desenvolvimentos", sublinhou a comissária Kyriakides.

LEIA AQUI TUDO SOBRE O SURTO DE COVID-19

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de