Rublo afunda, ações asiáticas em queda e preço do barril do petróleo sobe

O preço de um barril de crude WTI subiu mais de 5% nas primeiras transações, evidenciando o nervosismo dos mercados face a uma provável crise energética.

O rublo caiu esta segunda-feira quase 30% em relação ao dólar norte-americano, as ações asiáticas desceram e o preço do barril de petróleo de referência nos Estados Unidos, West Texas Intermediate (WTI), aumentou mais de 5%.

A moeda russa perdeu 27% em relação ao dólar, noticiou a Bloomberg News, depois de as potências internacionais terem imposto novas sanções mais duras a Moscovo pela invasão da Ucrânia.

Os preços das ações asiáticas caíram nas bolsas de valores em Tóquio, Hong Kong e Xangai.

Já o preço de um barril de crude WTI subiu mais de 5% nas primeiras transações, também hoje, evidenciando o nervosismo dos mercados face a uma provável crise energética, na sequência do conflito na Ucrânia.

A Rússia lançou na quinta-feira de madrugada uma ofensiva militar na Ucrânia, com forças terrestres e bombardeamento de alvos em várias cidades, que já mataram pelo menos 352 civis, incluindo crianças, segundo Kiev. A ONU deu conta de perto de 370 mil deslocados para a Polónia, Hungria, Moldova e Roménia.

O Presidente russo, Vladimir Putin, disse que a "operação militar especial" na Ucrânia visa desmilitarizar o país vizinho e que era a única maneira de a Rússia se defender, precisando o Kremlin que a ofensiva durará o tempo necessário.

O ataque foi condenado pela generalidade da comunidade internacional e a União Europeia e os Estados Unidos, entre outros, responderam com o envio de armas e munições para a Ucrânia e o reforço de sanções para isolar ainda mais Moscovo.

ACOMPANHE AQUI TUDO SOBRE O CONFLITO ENTRE A RÚSSIA E A UCRÂNIA

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de