Rússia abre processo criminal e lança megaoperação contra Testemunhas de Jeová

As Testemunhas de Jeová são oficialmente consideradas grupo extremista desde 2017 na Rússia.

A Rússia abriu um processo criminal contra as Testemunhas de Jeová do país, acusadas de atividades extremistas.

Esta terça-feira, o Comité Investigativo, responsável pela investigação de crimes graves, anunciou que foi lançada uma megaoperação contra o movimento religioso, com buscas em Moscovo e mais de 20 regiões.

Em causa está a prática de "reuniões conspiratórias" em apartamentos, durante as quais os crentes "estudam literatura religiosa e informação propagandista acerca dos ensinamentos das Testemunhas de Jeová" e recrutam novos membros para a organização, escrevem as autoridades russas num comunicado citado pela AFP.

A operação conta com a colaboração do ministro do Interior, o Serviço Federal de Segurança a Guarda Nacional da Rússia (Rosgvardia).

As Testemunhas de Jeová são oficialmente consideradas grupo extremista desde 2017 na Rússia, tendo vários membros sido condenados a penas de prisão desde aí.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de