Sánchez falha investidura à primeira. Unidas Podemos absteve-se

Pedro Sánchez tem agora dois dias para conseguir reunir mais votos positivos para nova votação na próxima quinta-feira.

Pedro Sánchez perdeu a primeira oportunidade para a formação de Governo. O líder dos socialistas tem agora dois dias para conseguir um acordo com a ala da extrema-esquerda.

O socialista tem assumido o lugar de primeiro-ministro desde as eleições inconclusivas de abril, mas necessitava, esta terça-feira, de ter reunido 176 votos favoráveis em 350 possíveis.

O Congresso dos Deputados espanhol chumbou em Madrid, numa primeira votação, a investidura do socialista Pedro Sánchez como primeiro-ministro por 170 votos contra, 124 a favor e 52 abstenções.

Pedro Sánchez vai ter uma segunda oportunidade para ser investido daqui a dois dias, quinta-feira, à mesma hora, numa segunda votação em que apenas vai precisar de ter mais votos a favor do que contra, tendo até esse momento para negociar eventuais apoios com outros partidos.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados