Sanções dos EUA à Venezuela causam falhas de abastecimento em Cuba

Para contornar as dificuldades, o chefe de Estado cubano apelou às pessoas para que trabalhassem a partir de casa, de forma a evitarem deslocações e pouparem energia.

O presidente cubano, Miguel Díaz-Canel, alertou a população para possíveis falhas de abastecimento de combustível devido às sanções aplicadas pelos Estados Unidos à Venezuela, o principal fornecedor de Cuba.

De acordo com a imprensa local, alguns postos de gasolina e gasóleo já estão encerrados. Nos postos onde existe combustível, têm-se formado longas filas.

Para contornar as dificuldades, o chefe de Estado cubano apelou às pessoas para que trabalhassem a partir de casa, de forma a evitarem deslocações e pouparem energia.

Apesar dos constrangimentos, Miguel Díaz-Canel descarta a possibilidade de uma crise como a que ocorreu no início da década de 90, altura em que houve uma suspensão parcial dos transportes públicos.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados