Santos Silva diz que chefe de Estado guineense "já estará no Palácio Presidencial"

O Presidente da República da Guiné-Bissau era dado como em parte incerta, como o primeiro-ministro.

O Presidente da República da Guiné-Bissau, Umaro Sissoco Embaló, já estará no Palácio Presidencial. A informação foi avançada pelo ministro dos Negócios Estrangeiros português, Augusto Santos Silva.

"A última informação que disponho é positiva, visto que o Presidente da República já estará no seu Palácio, na sua residência oficial", disse o ministro à RTP.

Santos Silva lamenta a tentativa de golpe de Estado e espera "que seja um acidente de percurso, porque a Guiné-Bissau tem tido um período de estabilidade e consolidação institucional". O governante português reitera que este é um ataque "inaceitável e condenável" e que "só merece repúdio".

"Quanto ao ataque, não temos notícia de que já esteja concluído", informa Augusto Santos Silva.

Questionado sobre se tem esperança de que o ataque acabe, Santos Silva afirma: "Da nossa parte há alguma esperança e uma exigência."

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de