"Seria repetitivo e desordenado." Acordo do Brexit não será votado esta segunda-feira

O speaker da Câmara dos Comuns diz, portanto, que "a moção não será debatida hoje", uma vez que isso seria "repetitivo e desordenado".

O presidente da Câmara dos Comuns anunciou que não vai permitir um voto sobre o acordo do Brexit, esta segunda-feira, como tinha proposto o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson. Na origem da decisão de John Bercow está o facto de "a moção de hoje" ser "substancialmente a mesma que a de sábado", ou seja, " as circunstâncias de hoje são substancialmente as mesmas de sábado".

O speaker da Câmara dos Comuns diz, portanto, que "a moção não será debatida hoje", uma vez que isso seria "repetitivo e desordenado".

A argumentação do governo que defende que houve uma mudança de circunstâncias devido ao pedido do primeiro-ministro para uma extensão do Artigo 50 não convenceu Bercow. Para o presidente da Câmara dos Comuns o pedido é parte de um processo e não um evento significativo por si só.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados