Coreia do Sul detetou objeto voador não identificado na fronteira com Coreia do Norte

A Zona Desmilitarizada que divide a Península da Coreia é a fronteira mais fortificada do mundo.

O Comando Militar Conjunto da Coreia do Sul disse que foi detetada esta segunda-feira a passagem de um "objeto voador não identificado" que sobrevoou uma zona perto da fronteira com a Coreia do Norte. De acordo com os militares de Seul os radares detetaram o voo do objeto sobre a Zona Desmilitarizada entre a Coreia do Sul e a Coreia do Norte, mas não foram fornecidos mais detalhes.

A Zona Desmilitarizada que divide a Península da Coreia é a fronteira mais fortificada do mundo.

Antes dos contactos diplomáticos com Pyongyang sobe o programa nuclear norte-coreano eram ocasionalmente disparados tiros de canhão em ambos os lados.

A informação sobre o objeto voador que os militares não especificaram se se tratou de um aparelho não tripulado ('drone') foi difundida 24 horas depois do encontro entre presidente dos Estados Unidos, Donald Trump e o líder norte-coreano Kim Jong na fronteira.

Num gesto simbólico, Trump cruzou a linha de fronteira acompanhado de Kim Jong, tornando-se no primeiro presidente dos Estados Unidos a entrar em território da Coreia do Norte desde o cessar-fogo ter sido decretado em 1953.

Tecnicamente, os dois países continuam em guerra.

Tratou-se do terceiro encontro entre Donald Trump e Kim Jong-un que concordaram em reiniciar os contactos diplomáticos sobre o programa nuclear da Coreia do Norte.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de