Sismo de 7.7 em Cuba e Jamaica. Levantado alerta de tsunami

O forte sismo teve epicentro no mar das Caraíbas.

Um forte de sismo de magnitude 7.7 na escala de Richter abalou, esta terça-feira, a região de Cuba e Jamaica, criando risco de tsunami, indicou inicialmente o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS). No entanto, o alerta de tsunami foi entretanto levantado.

Segundo esta instituição científica, o terramoto aconteceu a 125 quilómetros do noroeste de Lucea, na Jamaica, por volta das 2h10 locais (menos cinco horas do que em Lisboa). O sismo foi de tal maneira forte que a terra também tremeu em Miami, o que obrigou a polícia a evacuar alguns edifícios por precaução. Em alguns vídeos que entretanto começaram a circular nas redes sociais é possível ver-se como o sismo foi sentido na cidade da Flórida.

"A ameaça de tsunami ligada a este terramoto passou e já não há riscos", afirmou o Centro de Alerta de Tsunamis do Pacífico, citado pela agência France-Presse, depois de, com base em leituras preliminares, ter afirmado que era "possível a ocorrência de ondas perigosas na costa localizada a 300 quilómetros do epicentro do terramoto".

O jornal Jamaica Observer, com sede em Kingston, capital da Jamaica, avança que o sismo foi sentido em grande parte da ilha, durante vários segundos.

"Senti a casa tremer e percebi que era um terramoto. Durou cerca de 20 segundos. Verifiquei o meu relógio e eram 14h12. Falei com a minha família, mas eles não sentiram nada na parte da casa em que estavam", contou à AFP Jawara Rawjers, habitante de Kingston.

Já Machel Emanuel, um médico da mesma cidade, acrescentou: "Estava no segundo andar de um prédio e o prédio tremeu. Senti-me tonto. A porta bateu de forma consistente durante um tempo."

Ainda não há informação de registo de vítimas ou danos materiais.

Os sismos são classificados segundo a sua magnitude como micro (menos de 2,0), muito pequeno (2,0-2,9), pequeno (3,0-3,9), ligeiro (4,0-4,9), moderado (5,0-5,9), forte (6,0-6,9), grande (7,0-7,9), importante (8,0-8,9), excecional (9,0-9,9) e extremo (superior a 10).

Notícia atualizada às 22h51

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de