Sobe para 51 o número de mortos devido às cheias na China

Na província de Henan, mais de 395 mil pessoas já tiveram de abandonar as suas casas por causa das inundações.

O número de vítimas mortais das cheias na China subiu para 51, de acordo com o último balanço feito, esta sexta-feira, pelas autoridades chinesas.

O balanço anterior dava conta de 33 mortos causados pelas inundações. Os bombeiros e equipas de socorro continuam a trabalhar, esta sexta-feira, para resgatar mais vítimas e retirar a água acumulada nas ruas.

As chuvas torrenciais que, esta semana, atingiram a região chinesa Henan já obrigaram à retirada de mais de 395 mil pessoas das suas casas e causaram danos num valor superior a 65,5 mil milhões de yuanes (perto de 10 mil milhões de dólares), de acordo com as autoridades da cidade de Zhengzhou, citadas pela agência de notícias AFP.

A província de Henan é a terceira mais populosa da China, com quase 100 milhões de habitantes, e a sua capital, Zhengzhou, com 10 milhões de habitantes, foi das localidades mais afetadas pelas cheias.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de