Ataque levado a cabo por militar tailandês faz pelo menos 20 mortos

O militar abriu fogo inicialmente numa base militar e depois num centro comercial, onde acabou por se refugiar. Há suspeitas de ter feito reféns.

Um atirador, identificado como um soldado tailandês, matou a tiro pelo menos 20 pessoas e feriu outras 31 num ataque este sábado no nordeste da Tailândia, segundo um novo balanço do Ministério da Defesa. Um anterior balanço do tiroteio dava conta de 12 vítimas mortais.

A polícia tailandesa indicou que já controla o centro comercial no nordeste da Tailândia onde se escondeu o atirador que matou hoje pelo menos 20 pessoas e feriu 31, de acordo com o último balanço das autoridades.

Em declarações à agência France Presse (AFP), a polícia local precisou que o suspeito do tiroteio abriu fogo inicialmente numa base militar localizada nas imediações da cidade de Nakhon Ratchasima. Pelo menos três pessoas morreram nestas instalações.

De acordo com fonte militar, citada pela agência France Presse, o suspeito roubou um veículo e dirigiu-se para centro da cidade. A comunicação social tailandesa avança que o soldado terá também roubado armas do arsenal da base.

Já na cidade, o soldado disparou sobre a multidão que se encontrava junto a um centro comercial. Segundo a comunicação social local, o suspeito, identificado como Jakrapanth Thomma, encontrava-se ao inicio da tarde barricado no quarto andar do centro comercial e mantinha mais de uma dezena de pessoas como reféns. As autoridades tailandesas não confirmam, no entanto, esta informação.

Equipas do exército cercaram o centro comercial e estabeleceram um perímetro de segurança de dois quilómetros. Foram também cortadas as estradas de acesso ao recinto comercial.

A polícia tailandesa evitou pronunciar-se sobre os possíveis motivos deste ataque, com as agências internacionais a indicarem que o presumível atirador tem publicado nas redes sociais várias mensagens de teor político e de vingança contra as forças militares.

Notícia atualizada às 19h00

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de