Stoltenberg testa positivo a quatro dias de cimeira da NATO

O secretário-geral da NATO apresenta sintomas leves, segundo a porta-voz da organização, Oana Lungescu.

O secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, anunciou esta quarta-feira que testou positivo à Covid-19, quatro dias antes de uma reunião da Aliança Atlântica em Berlim, na qual a Finlândia deverá solicitar a admissão naquela organização militar intergovernamental.

"O secretário-geral, Jens Stoltenberg, testou positivo à Covid-19. Está totalmente vacinado, com doses de reforço e apresenta sintomas leves. Seguindo as orientações médicas belgas, vai continuar a desempenhar as suas funções a trabalhar em casa", informou no Twitter a porta-voz da NATO, Oana Lungescu.

O teste positivo do político norueguês surge na véspera de uma cimeira extraordinária da NATO em Berlim, na qual a Finlândia deverá se candidatar à adesão à Aliança Atlântica, assim como a Suécia o poderá fazer.

Estas duas nações, os únicos países nórdicos que não fazem parte daquela estrutura militar ocidental, demonstraram interesse em ingressar na NATO após a invasão russa da Ucrânia.

Ambos os países nórdicos redobraram os seus contactos bilaterais nas últimas semanas para coordenar um possível pedido simultâneo, que poderá receber uma aprovação preliminar durante a cimeira de Madrid, nos dias 29 e 30 de junho, embora deva ser ratificada por todos os 30 Estados-membros.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de