Sobe para quatro número de mortos em tiroteio numa escola nos EUA

O autor do ataque tem 15 anos e foi detido pelas autoridades norte-americanas.

O número de mortos no incidente de terça-feira em Oxford, no Estado norte-americano de Michigan, quando um jovem de 15 anos efetuou vários disparos numa escola, subiu esta quarta-feira para quatro, anunciaram as autoridades.

A investigação em curso ainda não conseguiu determinar a motivação para o autor suspeito dos disparos, um jovem de 15 anos também aluno da escola, ter feito os disparos, que provocou ainda oito feridos, entre eles um professor, disse o xerife do condado de Oakland, Michael Bouchard.

A Oxford High School, com cerca de 1.800 alunos, localiza-se numa comunidade de cerca de 22 mil pessoas e fica a cerca de 48 quilómetros ao norte de Detroit.

O suspeito foi detido na ocasião e, segundo Bouchard, que falava numa conferência de imprensa, recusa explicar a motivação para o incidente.

O alerta para os disparos foi dado às 12:51 locais (17:51 em Lisboa).

Mais de uma centena de telefonemas para o número de emergência foram gravadas, já que o atirador disparou entre 15 a 20 vezes com uma pistola semiautomática em questão de minutos.

Presente nas aulas de terça-feira, o suspeito não mostrou resistência aos agentes que o detiveram de arma na mão.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de