Suspeito de participar no assassinato de Jamal Khashoggi detido em Paris

O jornalista foi morto em outubro de 2018, em Istambul.

Foi detido um membro do grupo acusado de ter participado no assassínio do jornalista Jamal Khashoggi em Paris. A detenção ocorreu esta terça-feira de manhã no aeroporto parisiense Roissy Charles-de-Gaulle.

Trata-se de Khalid Alotaibi, de 33 anos, detido por agentes de segurança quando se preparava para viajar rumo a Riade, na Arábia Saudita.

Suspeito de estar envolvido no assassínio do jornalista saudita Jamal Khashoggi encontra-se detido ao abrigo de um mandado de captura internacional emitido pela Turquia.

Khalid Alotaibi foi detido por agentes que controlam as fronteiras quando estava a embarcar para Riade. Esta quarta-feira, o suspeito deve-se apresentar ao Ministério Público do Tribunal de Paris, onde vai ser notificado com um mandado de detenção.

Todos os suspeitos pela morte do jornalista Khashoggi, em Istambul em 2 de outubro de 2018, foram proibidos de entrar no espaço Schengen. Sanções contra o regime saudita foram impostas pela França, Alemanha e Estados Unidos.

Nos últimos três anos, Riade acabou por admitir que a morte de Khashoggi foi cometida por agentes sauditas que agiram sozinhos, mas um relatório norte-americano acusa o príncipe herdeiro Mohammed Ben Salman de ter "validado" o crime. Uma acusação rejeitada categoricamente pelo regime saudita.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de