Tailândia vai prolongar confinamento de Banguecoque

A Tailândia registou nas últimas 24 horas 17.970 infeções por Covid-19 e 178 mortes, após um fim de semana em que foram novamente registados os números mais elevados desde o início da pandemia.

A Tailândia vai prolongar a partir de terça-feira o confinamento de Banguecoque e de 28 outras províncias durante agosto, uma medida para travar a pior fase do surto de Covid-19 no país.

A decisão das autoridades surge numa altura em que a Tailândia está a registar números recorde de infeções e mortes, apesar das fortes restrições impostas durante semanas.

A Tailândia registou nas últimas 24 horas 17.970 infeções por Covid-19 e 178 mortes, após um fim de semana em que foram novamente registados os números mais elevados desde o início da pandemia, devido ao forte impacto da variante delta.

As restrições, que podem permanecer em vigor em grande parte do país ao longo de agosto, incluem um recolher obrigatório a partir das 21h00, limitando as reuniões a cinco pessoas, bem como o encerramento de restaurantes, parques, centros comerciais e estabelecimentos de entretenimento.

As autoridades indicaram que tencionam reunir-se a 18 de agosto para reavaliar o impacto das medidas.

A campanha de vacinação, que começou em fevereiro, está atrasada em relação ao calendário inicial apresentado pelo Governo, e até agora apenas 5% da população elegível para a vacinação recebeu as duas doses.

Por outro lado, a situação nos hospitais é crítica, especialmente na capital, onde os centros de saúde estão completamente sobrecarregados.

LEIA AQUI TUDO SOBRE A COVID-19.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de