Taliban anunciam dezenas de detenções relacionadas com recentes atentados

As detenções foram realizadas na província de Nangarhar.

Os taliban anunciaram esta segunda-feira a detenção de dezenas de pessoas relacionadas com os atentados dos últimos dias na província de Nangarhar, que causaram a morte de vários talibãs e civis, reivindicados pelo grupo terrorista Estado Islâmico (EI).

"As nossas forças de segurança prenderam um grande número de pessoas suspeitas de estarem relacionadas com as recentes explosões na cidade de Jalalabad, na província de Nangarhar (este)", disse o porta-voz talibã Bilal Karimi citado pela agência de notícias Efe.

Estas pessoas estavam sob investigação, disse o porta-voz, sem mais pormenores.

Um funcionário do governo da província oriental assegurou à Efe, pedindo para não ser citado, que "o número de detidos ronda as 30 pessoas e quase todas elas foram presas pelos serviços secretos da província".

No fim de semana registaram-se várias explosões na cidade de Jalalabad e pelo menos seis pessoas morreram e 25 ficaram feridas, de acordo com os talibãs.

Os ataques foram reivindicados no domingo pelo grupo EI, segundo um comunicado da agência dos radicais, Amaq, divulgado através dos seus canais de propaganda na internet.

Foram os primeiros ataques a acontecerem no país desde que os talibãs assumiram o controlo total do Afeganistão após a retirada das tropas dos Estados Unidos, no final de agosto.

A região de Nangarhar, onde fica Jalalabad, tem sido a principal zona de operações do EI no Afeganistão desde que o grupo se instalou no país, em 2015.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de