Taliban querem falar na Assembleia Geral das Nações Unidas

Líderes do regime afegão enviaram uma carta ao secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, confirmou um porta-voz.

Os líderes do regime taliban pediram à ONU para falarem na Assembleia Geral que começou esta terça-feira em Nova Iorque. A informação foi confirmada à AFP por um porta-voz das Nações Unidas.

A mesma fonte indicou que o secretário-geral da ONU, António Guterres, recebeu uma carta, datada de segunda-feira, onde os taliban solicitavam a participação no debate de alto nível.

A missiva está assinada pelo ministro dos Assuntos Externos, Amir Khan Muttaqi. Na carta, o responsável taliban indica que escolheu Suhail Shaheen para embaixador permanente do Afeganistão na ONU.

Após quase duas décadas de presença de forças militares norte-americanas e da NATO, os talibãs tomaram o poder em Cabul a 15 de agosto, culminando uma rápida ofensiva que os levou a controlar as capitais de 33 das 34 províncias afegãs em apenas 10 dias.

Desde então, os combatentes islamitas radicais asseguraram em várias ocasiões a intenção de formar um Governo islâmico "inclusivo", que representasse todas as tribos e etnias do Afeganistão.

O governo anunciado é totalmente masculino e inclui veteranos da sua linha dura, que governou o país entre 1996 e 2001.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de