Terramoto de magnitude 6,7 atinge a costa da Nicarágua, mas sem alerta de tsunami

Sismo foi registado às 01h42 locais (08h42 em Lisboa) e o epicentro ocorreu a uma profundidade de 25,3 quilómetros, a cerca de 58 quilómetros da cidade de Masachapa.

Um terramoto de magnitude 6,7 na escala de Richter ocorreu esta quinta-feira junto à costa da Nicarágua, segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS), mas não foi emitido um alerta de tsunami.

O sismo foi registado às 01h42 locais (08h42 em Lisboa) e o seu epicentro ocorreu a uma profundidade de 25,3 quilómetros, a cerca de 58 quilómetros da cidade de Masachapa, na costa do Pacífico, indicou o USGS.

O Instituto Nicaraguense de Estudos Geológicos (Ineter), declarou, por seu lado, que a magnitude do terramoto foi de 6,8 na escala de Richter, segundo um comunicado da instituição.

Até ao momento, nenhum dano foi relatado, de acordo com o Governo da Nicarágua.

"Foi um terramoto muito forte", disse a vice-Presidente nicaraguense, Rosario Murilo - mulher do Presidente da Nicarágua, Daniel Ortega -, aos meios de comunicação estatais, acrescentando que "nenhum incidente, dano ou vítima foi relatado até ao momento", alertando ainda sobre possíveis réplicas.

O Centro de Alerta de Tsunami do Pacífico (OTWC), localizado no Havai, não relatou ameaça de tsunami com base nos dados disponíveis.

O USGS estimou baixa possibilidade de vítimas e danos, sublinhando que as estruturas de construção na área são vulneráveis aos terramotos.

Segundo o Ineter, o sismo está relacionado ao choque das placas tectónicas do Cocos e do Caribe.

De acordo com os moradores que falaram na rádio oficial La Nueva Radio Ya, o sismo foi sentido fortemente na capital, Manágua, bem como no norte e no sul do país, com ocasionais cortes de energia.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de