Tribunal russo multa Twitter por equiparação de russos a fascistas

A multa de mais de 38 mil euros deve-se ao facto de a rede social manter acessíveis conteúdos proibidos, como uma suástica para equiparar russos com fascistas e instruções para fabricar 'cocktails' Molotov.

Um tribunal de Moscovo multou na quinta-feira o Twitter, em três milhões de rublos (38.852 euros), por manter acessíveis conteúdos proibidos, como uma suástica para equiparar russos com fascistas e instruções para fabricar 'cocktails' Molotov.

O tribunal considerou a Twitter culpada de violação do Código Administrativo e multou-a depois de receber um relatório do regulador russo das comunicações, Roskomnadzor, segundo a agência noticiosa oficial TASS.

O porta-voz da Twitter, Oleg Volodin, exigiu que se anulasse o caso, ao afirmar que o próprio Roskomnadzor tinha bloqueado a rede social, pelo que os seus conteúdos não estão disponíveis na Federação Russa, ainda segundo a TASS.

ACOMPANHE AQUI TUDO SOBRE A GUERRA NA UCRÂNIA

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de