Tropas francesas matam dirigente de grupo ligado à Al-Qaeda no Mali

Esta morte, ocorrida no início de outubro, foi anunciada pela ministra das Forças Armadas francesa.

O marroquino Abou Abderahman al Maghrebi, também conhecido como Ali Maychou, considerado o número dois e líder religioso do Grupo de Apoio ao Islão e aos Muçulmanos (GSIM), ligado à Al-Qaeda, foi morto pelas forças francesas no Mali.

Esta morte, ocorrida no início de outubro, foi anunciada esta terça-feira pela ministra das Forças Armadas francesa, Florence Parly. Este miliciano foi "morto na noite de 08 para 09 de outubro" em solo maliano, em coordenação com as forças do Mali e um apoio dos EUA, especificou Parly, no avião em que regressava a França de uma deslocação por vários países do Sahel.

Nesta região de África, cerca de 4.500 militares franceses estão deslocados no quadro da operação Barkhane, que visa os insurgentes que ali operam.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados