Trump ofereceu uma boleia a Kim Jong-un no Air Force One

Por estrada, o líder da Coreia do Norte demorou vários dias a viajar até ao Vietname. Trump ofereceu-se para o levar a casa em duas horas.

O ex-Presidente dos Estados Unidos Donald Trump terá oferecido ao líder norte-coreano, Kim Jong-un, uma boleia para casa no avião Air Force One após o encontro de ambos no Vietname, há dois anos, que tinha como objetivo alcançar um acordo para a desnuclearização da Coreia do Norte.

A revelação foi feita num documentário da BBC e confirmada à CNN por um oficial sénior da antiga Administração Trump. Segundo a série documental "Trump Takes on the World", divulgada esta semana, a proposta terá surpreendido até os diplomatas mais experientes, que não foram consultados.

Se Kim Jong-un tivesse aceitado a oferta, o líder norte-coreano, e provavelmente mais algumas pessoas próximas, teria viajado a bordo do avião presidencial norte-americano e o aparelho teria de entrar no espaço aéreo da Coreia do Norte, o que levantaria inúmeras questões diplomáticas e de segurança.

Matthew Pottinger, especialista para a Ásia no Conselho de Segurança Nacional de Trump, afirma no documentário da BBC que Donald Trump terá dito a Kim Jong-un "Eu posso levá-lo para casa em duas horas, se desejar". No entanto, este recusou.

Isto porque o líder norte-coreano fizera uma viagem de vários dias através da China para se encontrar com o então presidente norte-americano: Percorreu 4.500 quilómetros de comboio desde Pyongyang e 170 quilómetros desde a fronteira entre a China e o Vietname de limusine.

Trump também terá exibido a Kim Jong-un o interior do veículo presidencial - um Cadillac de 1,5 milhão de dólares conhecido como "A Fera", numa "demonstração de amizade".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de