Trump reconhece derrota nas eleições norte-americanas mas volta a falar de "manipulação"

Donald Trump reconheceu pela primeira vez que perdeu as eleições norte-americanas, mas voltou a fazer acusações de fraude e manipulação de resultados.

Donald Trump recorreu à rede social Twitter para justificar a derrota nas Presidenciais norte-americanas. Para o Presidente dos Estados Unidos da América, "ele", Biden, "venceu porque a eleição foi manipulada".

"Ninguém podia observar as votações, os votos foram calculados por uma empresa privada da esquerda radical, Dominion, com uma má reputação e mau equipamento, que nem poderia qualificar-se para as eleições no Texas (onde eu ganhei por muitos votos)", acusou sem evidências a suportar as denúncias.

O chefe de Estado norte-americano também acusou a imprensa de ser "falsa e silenciosa".

O tweet de Trump foi assinalado como questionável, e, em seguida, o atual Presidente dos Estados Unidos recuperou a teoria de que ainda vencerá as Presidenciais, numa nova publicação onde declara: "Eleição manipulada. Nós vamos ganhar!"

Há dois dias Trump fez uma declaração, na Casa Branca, em Washington, sobre a propagação da pandemia nos Estados Unidos da América (EUA) e os avanços no desenvolvimento de vacinas e terapêuticas para combater o SARS-CoV-2, em que nem por uma vez referiu o nome de Joe Biden, Presidente eleito, mas assumiu que a administração Trump poderia ter os dias contados.

"Idealmente, não iremos para um confinamento, eu não irei para um confinamento, esta administração não irá para um confinamento. Esperançosamente, o que quer que aconteça no futuro, quem sabe que administração será... Acho que o tempo dirá", disse nessa altura o chefe de Estado dos EUA.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de