Turquia anuncia detenção de 20 suspeitos ligados ao Daesh

Os suspeitos foram presos em Ancara pela polícia antiterrorista, que não revelou a nacionalidade dos detidos.

As autoridades turcas detiveram 20 estrangeiros suspeitos de ligação ao grupo radical Estado Islâmico, noticiou a agência de notícias estatal Anadolu. De acordo com as informações difundidas pela agência, os suspeitos foram presos em Ancara pela polícia antiterrorista, mas a nacionalidade dos detidos ainda não foi revelada.

A notícia é publicada um dia depois de os Estados Unidos terem anunciado que o líder do Estado Islâmico, Abu Bakr al-Baghadadi, foi morto durante um ataque das forças especiais norte-americanas.

A Turquia foi alvo de uma série de ataques, em 2015 e 2016, atribuídos ao Estado Islâmico e que fizeram mais de 300 mortos.

O Governo turco acusa igualmente de "terrorismo" os curdos do nordeste da Síria.

O último grande ataque na Turquia ocorreu em 2017, quando um homem armado disparou sobre um grupo de participantes de uma festa de ano novo matando 39 pessoas.

O ataque da noite de ano novo de 2017 foi reivindicado pelo Estado Islâmico.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados