UE vai receber mais 100 milhões de doses de vacina da Pfizer

Com esta encomenda, Bruxelas assegura a compra de 600 milhões de doses de vacina contra a Covid-19. O presidente da Pfizer assegura que a empresa tem cumprido todos os compromissos de entrega de vacinas para o espaço europeu, e diz que planeiam entregar 250 milhões de doses já no segundo trimestre de 2020.

A União Europeia vai poder contar com 100 milhões de doses adicionais da vacina da Pfizer/BioNTech contra a Covid-19. Foi a farmacêutica que o anunciou, num comunicado.

Até ao final do ano, chegarão até aos 27 Estados-membros 600 milhões de doses. Os 100 milhões extraordinários virão "ajudar a acelerar as campanhas de vacinação em toda a união Europeia", garantiu Sean Marett, diretor comercial da BioNTech. Já os 600 milhões totais, contabiliza, cobrirão "dois terços da população da UE", o que representa "o maior acordo de fornecimento cumulativo para a Cominarty até agora celebrado em todo o mundo".

A Comissão Europeia tinha proposto em janeiro um aumento de até 300 milhões de doses da fórmula da Pfizer, para serem distribuídas "a partir do segundo trimestre de 2021".

Em reação aos atrasos da AstraZeneca e da Janssen, foram acelerados acordos posteriores para permitir aumentar a margem de manobra e para que as lacunas das entregas sejam colmatadas, de acordo com Ursula von der Leyen.

LEIA TUDO SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de