Um morto em capotamento de autocarro com refugiados em Itália

Acidente fez vários feridos e os passageiros já retomaram a viagem em direção a Pescara.

Um autocarro que transportava cerca de 50 refugiados ucranianos capotou esta madrugada numa estrada principal no norte da Itália, matando uma pessoa, informaram os bombeiros italianos.

Segundo a rádio estatal italiana, há vários feridos resultantes do acidente na autoestrada A14 perto de Forli, cidade na região de Emilia-Romagna, no nordeste da Itália, que terão sido transportados para o hospital e os restantes foram retirados com segurança.

Os bombeiros tiveram de recorrer a dois guindastes para conseguir colocar o autocarro novamente na vertical e removê-lo da estrada.

O Ministério do Interior de Itália disse que o autocarro que capotou partiu da Ucrânia em direção a Pescara, uma cidade italiana portuária do Adriático.

Os passageiros foram levados para um complexo da polícia nas proximidades para uma primeira assistência e depois retomaram a viagem, segundo o ministério italiano.

Cerca de 35.000 refugiados ucranianos que fugiram da guerra entraram em Itália, a maioria deles pela fronteira nordeste com a Eslovénia.

A razão do capotamento do autocarro está a ser investigada pelas autoridades locais.

A Rússia lançou a 24 de fevereiro uma ofensiva militar na Ucrânia que já causou pelo menos 564 mortos e mais de 982 feridos entre a população civil e provocou a fuga de cerca de 4,5 milhões de pessoas, entre as quais 2,5 milhões para os países vizinhos, segundo os mais recentes dados da ONU.

A invasão russa foi condenada pela generalidade da comunidade internacional que respondeu com o envio de armamento para a Ucrânia e o reforço de sanções económicas a Moscovo.

ACOMPANHE AQUI TUDO SOBRE O CONFLITO ENTRE A RÚSSIA E A UCRÂNIA

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de