Universidade de Cambridge vai devolver estátua roubada à Nigéria

O colégio da Universidade de Cambridge é a primeira instituição do Reino Unido a devolver um dos artefactos.

Uma faculdade da Universidade de Cambridge anunciou esta sexta-feira que vai devolver um galo de bronze à Nigéria, peça que pertence aos "bronzes de Benim", uma coleção que contém peças comemorativas dos palácios do reino no atual território nigeriano.

O Jesus College, em Cambridge, tinha anunciado em 2019 que iria devolver a estátua Okukor, retirada do Tribunal de Benim pelas forças coloniais britânicas em 1897.

O colégio da Universidade de Cambridge é a primeira instituição do Reino Unido a devolver um dos artefactos desta coleção.

A estátua será devolvida à Comissão Nacional de Museus e Monumentos da Nigéria numa cerimónia em Cambridge, em 27 de outubro.

A instituição retirou o galo em bronze da vista pública em 2016, após protestos estudantis que afirmavam que a estátua representava a época colonial.

O colégio criou um grupo de trabalho para estudar o assunto e concluiu que a estátua "pertence ao atual Oba [rei de Benim] no tribunal" do país.

O rei de Benim, Omo N'Oba N'Edo Uku Akpolokpolo, da dinastia Ewuare II, disse estar "de facto muito satisfeito" e elogiou a instituição por ter assumido este papel de liderança na devolução dos artefactos.

"Esperamos verdadeiramente que outros acelerem a devolução das nossas obras de arte, que em muitos casos são de importância religiosa para nós", concluiu o monarca de Benim.

Milhares de artefactos foram saqueados depois das tropas britânicas terem ocupado a cidade de Benim em 1897.

Centenas de bronzes estão no Museu Britânico em Londres, e outras centenas foram vendidos a outras entidades como o Museu Etnológico em Berlim.

A Alemanha disse que devolveria os artigos na sua posse.

O Museu Britânico declarou que não planeia, ainda, a devolução de obras.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de