Vladimir Putin declarou em 2021 rendimento de 118 mil euros

A lista de bens indicados na declaração de rendimentos de Vladimir Putin mantém-se igual: dois apartamentos, um lugar de estacionamento, dois carros e um atrelado.

O rendimento do Presidente russo, Vladimir Putin, em 2021, foi de 10.202.000 rublos (cerca de 118 mil euros), ligeiramente superior ao de 2020, que foi de 9.994.000 rublos (115,5 mil euros), segundo a declaração divulgada esta sexta-feira pela presidência.

A lista de bens indicados na declaração de rendimentos de Vladimir Putin, citada pela agência EFE, mantém-se igual nos últimos anos e inclui dois apartamentos e um lugar de estacionamento, de 153,7, 77 e 18 metros quadrados, respetivamente.

Putin declara também dois carros de fabrico russo, um Gaz-M21, um Niva e um atrelado ligeiro Skif.

Nos últimos cinco anos, 2017 foi aquele em que o presidente russo registou um rendimento mais alto - mais de 18 milhões de rublos (cerca de 208 mil euros), quando vendeu um terreno de 1.500 metros quadrados.

Os rendimentos do presidente russo são muito mais baixos que os de outros altos responsáveis do governo russo.

Em 2021, o primeiro-ministro, Mikhail Mishustin, declarou rendimentos de 18,3 milhões de rublos (cerca de 212 mil euros), o conselheiro de Putin Vladimir Medinsky ganhou 106,7 milhões de rublos (1,2 milhões de euros) e o ministro da Indústria e Comércio russo, Denis Manturov, 704,7 milhões de rublos (8,1 milhões de euros).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de