Von der Leyen em isolamento. "Motorista testou positivo"

A chefe do executivo comunitário regressou a Bruxelas após a chegada a Estrasburgo.

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen está em isolamento profilático desde esta tarde, depois do motorista que a transportou até Estrasburgo ter testado positivo para a Covid-19.

A solução encontrada pela presidente do executivo comunitário foi o regresso a Bruxelas, onde se remeteu ao isolamento profilático, conforme anunciou numa mensagem na rede social Twitter.

"O meu motorista testou positivo para a Covid-19. Lamentavelmente, tenho portanto que cancelar a minha participação no plenário do Parlamento Europeu. Estou a regressar a Bruxelas", lê-se na publicação.

Von der Leyen tinha viajado de carro para Estrasburgo, onde deveria participar na cerimónia de homenagem pela morte de David Sassoli.

A presidente não detalha o local onde se isolou, mas sabe-se que Von der Leyen fica alojada no edifício Berlaymont, sede da Comissão Europeia, num anexo ao seu gabinete, que mandou construir para pernoitar quando se encontra na capital belga.

Von der Leyen adota a medida meramente a título preventivo, já que de acordo com as regras em vigor em Bruxelas, se não apresentar sintomas, "não necessita de teste, nem quarentena", desde que esteja completamente vacinada.

Por outro lado, caso tivesse permanecido em Estrasburgo, a presidente da Comissão Europeia deveria "manter-se em quarentena até obter um resultado de um teste PCR negativo, realizado por volta do quinto dia", de acordo com as regras atualizadas em França.

Esta é a terceira vez que a presidente da Comissão Europeia se remete a um isolamento, depois de em outubro de 2020 ter abandonado uma Cimeira Europeia, devido a contacto de alto risco.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de