Zelensky aceita discursar na Assembleia da República, Kiev pede "armas, armas e armas" e outros destaques TSF

Entre os temas em destaque esta quinta-feira está o programa do Governo para os próximos quatro anos e meio, que vai começar a ser discutido no Parlamento. André Silva, Isabel Galriça Neto e Ricardo Paes Mamede criticam a falta de respostas para travar a inflação.

Zelensky já aceitou o convite de Marcelo Rebelo de Sousa para discursar no Parlamento português, por videochamada. Em declarações ao programa da TSF e do DN "Em Alta Voz", Augusto Santos Silva, presidente da Assembleia da República, revelou que recebeu, esta manhã, a embaixadora da Ucrânia em Portugal, que confirmou que o Presidente da Ucrânia está disponível para se dirigir aos deputados portugueses.

"Armas, armas e armas." Foi este o pedido que o ministro ucraniano dos Negócios Estrangeiros deixou ao ocidente antes do início de uma reunião em Bruxelas. Dimitri Kuleba apelou a que seja fornecido à Ucrânia o equipamento necessário para "ganhar a guerra" e expulsar o "agressor estrangeiro". No mesmo plano, o alto representante da União Europeia para a Política Externa e Segurança, Josep Borrell, insistiu que a Ucrânia precisa de "mais armas, menos aplausos e de mais armas", defendendo mais sanções contra a Rússia, incluindo o petróleo.

Também o Presidente da Ucrânia pediu sanções mais amplas e "realmente dolorosas" para a Rússia, descrevendo como "insuficientes" as novas sanções, impostas nomeadamente pelos Estados Unidos e pela União Europeia. Zelensky afirma que a Ucrânia continuará a "insistir no bloqueio total do sistema bancário russo", o que dificultaria a intervenção da Rússia nas finanças internacionais, bem como a transação de petróleo com o ocidente.

"Armas pesadas" não fazem sentido por agora, "a Ucrânia precisa antes de drones". A opinião é do historiador da Academia Militar. Na sequência de o secretário de Estado norte-americano ter assumido o compromisso de fornecer mais mísseis à Ucrânia, revelando que, em breve, por cada tanque russo haverá dez armas antitanque, António José Telo considerou, em declarações à TSF, que este objetivo será fácil de atingir, já que a Ucrânia tem ao seu dispor "armas leves" e em grande quantidade.

Já se sabia que Ursula von der Leyen e Josep Borrell visitariam Kiev esta semana. O dia exato foi agora revelado: esta sexta-feira. O objetivo do encontro entre Ursula von der Leyen e Josep Borrell com Zelensky é a discussão do quinto pacote de sanções contra a Rússia que está a ser preparado pelo bloco europeu e que, de acordo com a proposta da Comissão Europeia, inclui um embargo às importações do carvão russo.

Há duas semanas Shevchenkove, uma aldeia na estrada que liga Mykolaiv e Kherson, ainda estava em mãos russas. Agora as linhas de Moscovo recuaram seis quilómetros. "Estão ali ao fundo", indica-nos um soldado, apontando para um imenso campo agrícola por semear. As tropas ucranianas tentam consolidar as posições conquistadas nos últimos dias, já os russos, que controlam grande parte da região, tentam avançar na direção de Mykolaiv. Leia aqui a reportagem do enviado especial da TSF à Ucrânia:

Em Portugal, os irmãos Illia e Marianna, com 17 e 13 anos, foram obrigados a sair da Ucrânia devido à guerra, tendo sido acolhidos na casa de uma prima dos pais, no Porto. É nesta cidade que reaprendem a ser adolescentes. Na Escola Secundária Garcia de Orta sentem-se integrados e bem acolhidos. Leia aqui a reportagem da TSF:

Na política nacional, o programa do Governo começa a ser discutido esta quinta-feira na Assembleia da República. No programa da TSF Café Duplo, André Silva e Isabel Galriça Neto defendem que o documento já denuncia a existência da maioria absoluta do PS. Os dois comentadores registam ainda a ausência de respostas concretas à inflação. Também Ricardo Paes Mamede defende que esse é precisamente um dos temas em falta, considerando que o Governo poderia "sinalizar aquilo que é a estratégia para lidar com um cenário" em que o ritmo de aumento de preços será "muito maior do que estávamos habituados".

No futsal, o Sporting vai defrontar o ACCS Asnières Ville-neuve, enquanto o Benfica vai ter pela frente o FC Barcelona na Final Four da Liga dos Campeões. São estes os quatro clubes que vão lutar pelo título de campeão europeu 2022.

Pelo segundo ano consecutivo, a TSF venceu o Prémio Jornalismo em Saúde na categoria Rádio. Desta vez com a reportagem "Apontados a dedo", da autoria de Filipe Santa-Bárbara e com sonoplastia de Margarida Adão. O trabalho retrata as histórias e memórias dos afetados pela pandemia do VIH/SIDA, que começou há 40 anos e ainda está longe da erradicação. A TSF recordou o impacto do então "misterioso vírus" no Portugal gay da década de 80. Leia ou releia e ouça a reportagem aqui:

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de