TSF

Sobre o "caso dos emails": Nota da Direção da TSF

Tendo em conta os desenvolvimentos mais recentes, a Direção Editorial da TSF faz o seguinte esclarecimento.

Esta terça-feira foi divulgado na internet um alegado email enviado, alegadamente, pelo comentador televisivo, Carlos Janela, para a direção do Benfica.

Esse alegado email comporta, em si mesmo, insinuações graves e, sobretudo, falsas, sobre a TSF e sobre os profissionais que aqui trabalham, numa tentativa de associar estes profissionais a práticas violadoras da ética profissional de um jornalista.

Perante isto, a Direção Editorial da TSF, vem por este meio esclarecer que:

1º - As insinuações que vieram a público pretendem apenas denegrir, de forma gratuita, um órgão de informação com 30 anos de história e com provas dadas na informação em Portugal.

2º - Em 30 anos de história, a TSF pautou-se sempre, e continua a pautar-se, pelo estreito cumprimento das mais elementares regras do jornalismo, da ética e da deontologia desta profissão.

3º - Esta forma de estar no jornalismo, só é possível graças aos profissionais que fizeram e fazem a TSF de hoje, em quem a Direção Editoral confia plenamente pelo empenho que demonstram, todos os dias para levar aos nossos ouvintes e leitores, a melhor informação, de forma isenta e com um profissionalismo a toda a prova.

4º - A TSF nada tem a ver com as guerras no mundo do futebol, a não ser pelo seu dever de informar o público, com rigor, isenção e cumprindo o dever de só veicular factos e respeitando sempre o direito ao contraditório.

5º - A TSF confia em todos os profissionais que fazem esta rádio e continuará a cumprir aquela que é a sua principal missão: informar.

A Direção Editorial da TSF

3 de janeiro de 2018

  COMENTÁRIOS