Ouçam e não desistam

Ouçam o barulho que se faz na rua ao final da tarde perto de uma escola. É um barulho lindo. Percebam como o novo normal é, afinal, a coisa mais normal de sempre, crianças e jovens excitados com o regresso às aulas. Mesmo os que só ontem se conheceram parecem familiares que se perderam e se reencontram, de novo na escola. Na casa comum. No sítio em que mais perto estamos de cumprir o mais eficaz combate à pobreza, aquele em que de alguma forma as aulas presenciais representam uma igualdade de oportunidades. Ouçam as crianças e os jovens a terminar um dia de escola e não desistam.

O futuro recusa ser confinado de novo. Ouçam o Presidente da República, esta é uma missão nacional da qual ninguém está dispensado. Sejam responsáveis, cumpram as regras mas não tenham medo. O novo normal não dispensa a coragem, não abdica da solidariedade, promove as oportunidades e busca o conhecimento. Ouçam as crianças e os jovens a terminar um dia de escola e não desistam.

Não façam contas a tentar perceber quando é que as escolas vão fechar, porque as escolas têm de ficar abertas para os alunos todo o ano letivo. Trabalhem sem parar para garantir que há professores e auxiliares para que as escolas estejam abertas para os alunos aprenderem. Sejam competentes no ministério e nos serviços descentralizados e não falhem. Quem trabalha nas escolas está por esta altura na mais importante das linhas da frente. Se falharmos aqui, é quase certo que vamos falhar em tudo o resto. Ouçam as crianças e os jovens a terminar um dia de escola e não desistam.

O que agora começou não vai poder parar. Esta primeira semana de aulas tem de ser a nossa grande vitória. Vamos cumprir as regras, vamos dar o máximo, porque esta geração de estudantes não perdoaria se falhássemos. Todos somos responsáveis, mas ninguém pode fazer o que competem exclusivo ao governo fazer. A urgência com que foi convocado o gabinete de crise não pode ser mera propaganda. Ouçam as crianças e os jovens a terminar um dia de aulas e percebam que as escolas não vão poder fechar.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de