"Ainda há muito sectarismo no PCP"

Carlos Brito admite, em declarações à TSF, contestação à liderança de Jerónimo de Sousa.

O antigo dirigente comunista Carlos Brito afirmou esta segunda-feira que o pior que podia acontecer ao PCP era " enconchar de novo".

Brito admite que foi uma noite pesada para o PCP, mas lembra que o pior derrotado é mesmo o PSD. Dito isto, fala da necessidade de manter o rumo de abertura do PCP à sociedade civil e até a antigos militantes, como é o seu caso. Considera que "o sectarismo", que diz persistir no partido, não pode travar a linha que está a ser seguida desde 2015.

A liderança de Jerónimo de Sousa é "bem provável" que seja contestada, antecipa Carlos Brirto, que pede prudência e audácia aos dirigentes comunistas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de