António Capucho está a "ser seduzido" para se candidatar à Câmara de Cascais

O antigo presidente da autarquia de Cascais e antigo dirigente do PSD, António Capucho, revela à TSF que "ainda" não foi contactado pela direção socialista para se candidatar a presidente da Câmara.

Na edição desta manhã o Diário de Notícias (DN), afirma que "a comissão política concelhia do PS em Cascais vê com bons olhos a possibilidade de António Capucho ser o candidato do partido àquela câmara municipal nas eleições autárquicas do próximo ano".

Capucho assume que tem sido contactado por "um grupo de cidadãos, alguns independentes, outros ligados a partidos políticos, nomeadamente ao PSD e ao próprio Partido Socialista".

São "várias pessoas, que não alinham com a atual maioria que lidera a Câmara, que têm-me tentado seduzir. Digamos que é qualquer coisa que corre em Cascais mas que formalmente a concelhia (do PS) de Cascais me tenha sondado para o efeito não é verdade. Ainda não aconteceu", sublinha o antigo presidente da Câmara de Cascais.

António Capucho assume assédio para se candidatar à Câmara de Cascais

00:0000:00

Face aos contactos informais, de vários cidadãos, "respondi muito secamente, agradavelmente surpreendido, que considerava ainda essa hipótese muito prematura, tanto mais que sou autarca mas em Sintra", na Assembleia Municipal.

"Estamos a um ano e meio de eleições. Penso que ainda é cedo para decidir sobre o que possa fazer ou deixar de fazer em Cascais nas próximas eleições", conclui António Capucho.

Outras Notícias

Patrocinado

Apoio de

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de