Durão, Santana, Sócrates, Passos e Salgado entre os nomes que o BE quer ouvir

São 43 as personalidades que os bloquistas querem chamar à Comissão Parlamentar de Inquérito às rendas elétricas. Propostas são votadas a 14 de junho.

Quatro antigos primeiros-ministros: Durão Barroso, Santana Lopes, José Sócrates e Passos Coelho, Manuel Pinho, antigo ministro da Economia e Ricardo Salgado, o homem que liderou o império Espírito Santo estão entre os 43 nomes que o Bloco indica para audições na comissão parlamentar de inquérito às rendas elétricas.

Os trabalhos desta comissão de inquérito abrangem os governos entre 2004 e 2018 e o Bloco chama todos os antigos primeiros-ministros desse período - Durão Barroso, Santana Lopes, José Sócrates e Passos Coelho - deixando de fora o atual chefe de Governo, António Costa.

São ainda chamados o atual ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, o antigo ministro das Finanças Vítor Gaspar António Mexia, o CEO da EDP, além de António Vitorino, como Presidente da AG EDP, representante indicado pelo Estado nas negociações com a Comissão Europeia em 2007.

Na lista hoje apresentada, o BE começa por solicitar a presença dos reguladores do setor elétrico.

São ainda solicitados vários documentos, entre eles, "todos os documentos associados à investigação em curso na Procuradoria Geral
da República e denominada "Operação Ciclone" e o "despacho que fixou a remuneração do Estado pela extensão da concessão do
domínio público hídrico e que isentou a EDP do pagamento da Taxa de Recursos Hídricos nesse âmbito".

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados